A Menina e o Violão

A Menina e o Violão

A menina tocava, como quem encanta serpentes e sorria como quem voa com as notas saídas de seu violão.

Cada nota tocada saía pelo mundo passeando por entre os meses, parando em cada estação.
Não é som, é dom de transformar tudo em versos e poesias.
Música sem voz, apenas som, sentimento da alma.
Na primavera , cada nota é flor a desabrochar e perfumar o jardim da senhorinha sozinha ,viúva, sem netos.
No verão é água brotando do asfalto, fazendo chafariz pra quem nem sabe o que é piscina.
No outono é folha de plátano voando livre , levando um beijo de saudades de um amor distante.
E no frio do inverno as notas do violão são um convite a reunir os amigos em torno da fogueira, reunir lembranças e histórias, aquecendo o coração.
E a menina para de tocar e fica chorando e sorrindo, lembrando das notas que deixou voar e dos voôs que ousou voar, ousou sonhar, ousou tocar.
Carine Dias Soares

terça-feira, 17 de maio de 2011

Meu doce preferido não existe mais !



Hoje durante o almoço estava me lembrando de um doce que eu amava quando pequena, eu chamava de bem casado, mas não tinha nada a ver com aquele doce dos casamentos.

Esse doce era redondinho com duas massinhas que pareciam uns bolinhos achatadinhos com um recheio doce delicioso, e para decorar tinha tipo uma gelatina vermelha no centro e nas bordas um merengue.

Ai gente só de falar dá água na boca, de tão bom !

A última vez que comi esse doce foi em Porto Alegre, num carrinho de doces que ficava próximo a UFRGS, ali no centro.

Tempos depois procurei o doce em vários lugares e me disseram que não estavam fazendo mais, pois a procura era muito pequena e não valia mais a pena fazer "MAS COMO ASSIM NÃO VALIA MAIS A PENA ?"

Eu adoro esse doce !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Pois é, agora beirando os trinta e quatro anos, estou ficando cheia de vontades e quero muiiiiiito comer esse doce novamente, urgentemente !

Caraca, não dá pra aceitar que vou ficar velhinha e vou morrer sem comer esse doce .

Com esse meu desejo pelo doce perdido, começo a pensar em quantas coisas deixaremos de ver, de comer, quantas frutas dos tempos de criança já estão difíceis de encontrar, ou nem existem mais, quantos animais estão extintos e quantas coisas mais vamos deixar que sejam extintas da nossa vida, por não estarmos ainda sentindo falta ?

Gente, o planeta é nosso, e estamos destruindo o que nos pertence, isso é uma atitude totalmente irracional e irreversível.

O meu doce ainda pode ser feito, até por mim se eu encontrar a receita, mas tudo que se extingue da natureza traz danos permanentes ao meio ambiente e fica muito mais difícil de ser resgatado, eu diria até que em alguns casos fica impossível.

O tempo está curto, vamos acordar do sonho dourado e nos aliar á natureza ao invés de ficarmos medindo forças com ela.

Você sabe quem vai sair perdendo nessa, não sabe?


Carine Dias Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

Coisinha de Bruxa

Coisinha de Bruxa
As bruxas podem ser fofas e adoráveis também. Quando eu sou boa eu sou boa, e quando eu sou má, eu sou melhor ainda !!! Hehehehehe...

Tudo Zen

Tudo Zen
Sempre buscando o equilíbrio.

Adoro Bruxinhas ...

Adoro Bruxinhas ...
Sou uma bruxinha, meio maluquinha, nem sempre má e muito menos boazinha.Voando e me equilibrando na vassoura, vejo o mundo de pernas para o ar ! Minhas poções nem sempre dão certo , sou meio atrapalhada com os ingredientes, mas certeira nas minhas intenções ! Nyny Dias

Então...

Vez ou outra passo pelo orkut dos meus amigos só para deixar um oizinho e ficarei feliz em receber o seu oizinho aqui no meu blog.
Tô adorando esse lance de ter um espaço para escrever, expressar meus pensamentos e entendo que isso não deixa de ser um diário com coisas sobre o meu dia, minhas dúvidas, minhas dicas...
Enfim vamos socializar nossas idéias e fazer fluir um montão de coisas boas que cada um de nós pode oferecer ao universo.
Muita PAz, Luz e Alegria para todos nós.
Sejam muito bem vindos!!!